licenciamento-da-motocicleta-pare-de-gastar-tempo-com-informações-pingadas-geracao-boutique-webshare

Licenciamento da motocicleta: pare de gastar tempo com informações pingadas

Você está em dia com o licenciamento da motocicleta? Conhece o calendário da sua região e está por dentro de todas as regras para obter o seu Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) atualizado?

Para trafegar sem correr o risco de penalizações, é seu dever conhecer a legislação e todas as burocracias.

Apenas para você ter uma ideia da proporção que um esquecimento desse tipo pode tomar, saiba que a multa é de natureza gravíssima, acarreta a perda de 7 pontos na habilitação, e o veículo será recolhido como medida administrativa. Ou seja, um problemão de dimensões estratosféricas.

A Geração Boutique traz nesse post as informações gerais sobre as dúvidas de muitos motociclistas sobre o assunto. Inclusive, uma delas pode ser a sua. Vem conferir!

Quando devo atualizar o licenciamento da motocicleta?

A primeira informação da qual você precisa é: o licenciamento de motocicletas – e de quaisquer veículos – através do DETRAN é realizado de forma anual. Ou seja, para poder circular você precisa estar com a documentação sempre atualizada e, preocupar-se com prazos.

Cada Estado possui regras próprias e um calendário exclusivo. Mas você não precisa ficar desesperado. A forma mais rápida de ajustar sua agenda é visitar o site do departamento de trânsito correspondente à sua localidade e informar-se.

FIQUE ATENTO!

Diferente de outras taxas como o IPVA, que isenta veículos mais antigos, o licenciamento é obrigatório para todos!

Quais são os procedimentos necessários para obter o CRLV?

O pagamento das taxas é apenas uma parte do trabalho. Logo após, é preciso agendar uma revisão com o DETRAN, para certificar-se de que todas as exigências para o tráfego seguro e livre estão sendo cumpridas. Mas atenção, essa última exigência não é válida para todos os Estados.

E como funciona o Licenciamento Eletrônico?

Em algumas localidades, é possível optar pelo licenciamento eletrônico. Confira algumas das regras:

  • Endereço residencial do proprietário deve ser idêntico ao cadastrado no Detran;

  • Multas: o máximo permitido são 15;

  • Não podem haver restrições judiciais ou administrativas;

  • Emplacamento: três letras devem constar na placa;

    List Content goes here

Apenas a atualização do CRLV basta para trafegar?

À exceção do Rio de Janeiro, é impossível você obter o licenciamento do seu veículo sem estar em dia com o IPVA e o Seguro DPVAT do ano vigente. Outras pendências, como multas em atraso por exemplo, também não permitem o acesso ao documento.

Onde devo realizar o pagamento da taxa?

Você escolhe: diretamente no Detran do seu Estado ou através de bancos conveniados ao Departamento.

Qual é o limite máximo para o atraso na atualização do licenciamento da motocicleta?

Pode variar de região para região, mas geralmente são 30 dias. Se você já pagou as taxas, mas ainda não recebeu o documento, circule com o comprovante de pagamento. Isso poderá evitar todos os transtornos mencionados mais acima.

Agora que você já entendeu a importância de manter a sua motocicleta sem pendências, dá uma passadinha no site da Geração Boutique e confira todas as novidades. Estar em dia com a legislação e dispôr de todos os equipamentos para conforto e segurança são a certeza para ótimas experiências nas estradas.